Séries de anime que foram adaptações secretas

O meio anime não é estranho às adaptações. Na verdade, muitas das obras mais famosas do meio começaram como mangá e, a cada nova temporada de anime, muitas mais histórias são adaptadas de mangá para anime. Porém, às vezes, a adaptação para anime de algo ofusca a obra original a tal ponto que muitos espectadores, mesmo aqueles que se consideram fãs da adaptação para anime, não percebem que ela está se baseando em algo anterior.



Pode haver muitas razões para isso. Às vezes, o anime se torna tão popular que abafa completamente a discussão sobre a obra original. Além disso, para os fãs americanos, muitas vezes pode haver enormes lacunas entre o anime e a localização do material de origem, se o trabalho inicial for localizado. Isso significa que, embora alguns fãs possam se interessar pela obra original, eles não conseguem uma cópia dela, fazendo com que ela seja esquecida com o tempo, pois as pessoas não podem falar sobre algo que não têm acesso.

Relacionado

20 mangás que são muito controversos para receber uma adaptação para anime

Muitos mangás têm conteúdo explícito que é controverso demais para ser adaptado para um anime.


10 Log Horizon tem uma história confusa

Horizonte de registro

Comprimento

Data

Anime

3 temporadas

2013-2021

Romances leves

11 volumes

2011-2018

Horizonte de registro foi escrito por Mamare Touno e ilustrado por Kazuhiro Hara. No entanto, a estranha história de lançamento da franquia é o motivo pelo qual as pessoas esquecem suas origens no romance leve. A série começou a ser publicada no site Shosetsuka ni Naro, apenas para a Enterbrain comprá-la e publicá-la como um light novel.

A primeira temporada do anime foi lançada em 2013 e foi transmitida simultaneamente pela Crunchyroll. Eles também transmitiriam a segunda temporada quando fosse lançada em 2014. No entanto, a terceira temporada do anime só foi ao ar em 2021. As versões em inglês dos light novels só chegaram às lojas em 2015, com o 11º volume só sendo lançado em 2019. Então , para muitos fãs americanos, o trabalho original só estava disponível muito depois de presumirem que a série havia terminado.

9 A galáxia Tatami mostra que a viagem no tempo é um meio visual

A Galáxia do Tatame

Liberar

Comprimento

Anime

2010

11 episódios

Romance

2004

‎352 páginas

A Galáxia do Tatame vem impressionando os fãs de anime há anos graças ao seu enredo de viagem no tempo que estuda as armadilhas da vida estudantil e a luta contínua para se encontrar. O anime foi baseado no romance homônimo de Tomihiko Morimi, que chegou ao Japão em 2004. No entanto, a versão em inglês do romance só foi lançada em 2022, o que significa que muitos fãs só puderam curtir a história por meio do anime.

Apesar do atraso, é difícil negar que a história funciona melhor como anime, pois o elemento visual permite aos animadores captar a melancolia da vida estudantil. Os visuais também adicionam uma infinidade de pequenas diferenças que ajudam a tornar cada universo diferente único, desenvolvendo ainda mais os temas centrais da história sobre a rapidez com que a vida pode mudar.

8 O castelo móvel de Howl mudou muito

O Castelo Movente do Uivo

Data de lançamento

Comprimento

Filme

2004

119 minutos

Livro

1986

212 páginas

Embora o filme seja considerado a obra-prima de Hayao Miyazaki, o filme original de Diana Wynne Jones O Castelo Movente do Uivo é muitas vezes esquecido, apesar de ter sido elogiado quando foi lançado. Parte disso ocorre porque o livro e o filme focam em temas muito diferentes, fazendo com que pareçam histórias distintas.

Algumas das mudanças mais notáveis ​​​​incluem Miyazaki transformando o cenário de um mundo de fantasia genérico em um mundo movimentado, quase inspirado no steampunk. Além disso, a versão do conto de Miyazaki adiciona uma guerra entre dois reinos, transformando o tom e a atmosfera ao mesmo tempo que adiciona uma nova mensagem à história. Por causa disso, é fácil ver por que mesmo aqueles familiarizados com Diana Wynne Jones e seu catálogo tratam a versão cinematográfica de O Castelo Movente do Uivo como seu próprio trabalho independente, em vez de uma adaptação do livro.

Relacionado

As metáforas e os significados ocultos no castelo móvel de Howl

A narrativa sutil de Howl segue a mudança repentina na vida do protagonista. Ao longo do caminho, os significados e metáforas ocultos tornam-se ainda mais claros.

7 Durarara!! Foi ajudado pelo Simulcast Hype

Durarara!!

Liberar

Comprimento

Anime

2010-2015

2 temporadas

Romance leve

2004-2014

14 volumes

Começando como uma light novel escrita por Ryohgo Narita e ilustrada por Suzuhito Yasuda Durarara!! teve 13 volumes, terminando com a coletânea de contos Gaiden!? No entanto, houve uma grande lacuna entre os lançamentos em japonês e inglês, com o primeiro volume sendo lançado no Japão em 2004 e na América em 2015, o que significa que a série terminou quando os americanos puderam lê-la.

O anime de duas temporadas, apelidado Durarara!! e Durarara!!×2 teve um desempenho muito diferente, pois quando a primeira temporada foi lançada em 2010, foi transmitida simultaneamente no Crunchyroll, com os americanos recebendo-a algumas horas após seu lançamento nos Estados Unidos. Isso também foi verdade quando a segunda temporada chegou em 2015, o que significa que a maior parte da cobertura da imprensa e do hype se concentrou na transmissão simultânea, fazendo com que os romances fossem ofuscados.

Steins;Portão

Liberar

Comprimento

Anime

2011

24 episódios

Videogame

2009 (Xbox 360), 2010 (Windows), 2011 (PSP e iOS), 2012 (PlayStation 3), 2013 (PlayStation Vita e Android)

Steins;Portão rapidamente se consolidou como uma série de anime lendária quando foi lançada em 2011. Devido à opção da Crunchyroll por transmiti-la simultaneamente, ela rapidamente desenvolveu seguidores devido ao boca a boca. No entanto, suas origens no romance visual são frequentemente esquecidas. Em parte, isso ocorre porque o jogo teve um histórico de lançamento fragmentado na América. Não estava disponível para os americanos até o lançamento da versão inglesa para PC em 2014, com as versões para PlayStation 3 e Vita chegando no ano seguinte.

Isso só foi intensificado pela baixa popularidade dos romances visuais nos círculos de jogos americanos em geral da época, o que significa que nem Steins;Portão nem o maior Aventura Científica A franquia já teve ampla cobertura, então mesmo os jogadores que leem religiosamente a mídia de jogos não saberiam disso. No entanto, assim que o jogo foi lançado, eles rapidamente se tornaram clássicos cult e receberam muitos elogios de jogadores e críticos.

Relacionado

Este anime extremamente popular foi inspirado em uma farsa da vida real

Muito poucos animes baseados em eventos da vida real realmente se qualificam como ótimos, mas a visão de Steins; Gate sobre o ‘viajante do tempo’ da vida real é uma das melhores até agora.

5 Perfect Blue era perfeito demais como filme

Azul Perfeito

Liberar

Comprimento

Filme

1997

81 minutos

Romance

1991

‎232 páginas

Azul Perfeito é um ótimo exemplo de Satoshi Kon elevando um romance com sua direção artística única. Este filme foi baseado no romance de Yoshikazu Takeuchi Azul Perfeito: Metamorfose Completa, que foi publicado em 1991. Infelizmente, as versões em inglês deste romance não foram lançadas até que a Seven Seas Entertainment as licenciasse em 2017, altura em que o filme já era um clássico cult. Além disso, a ligeira diferença entre o título do filme e o nome do livro fez com que muitos que encontraram o livro não fizessem a conexão entre os dois.

No entanto, o maior motivo para o livro ser esquecido é que a estética e o estilo de direção de Kon parecem tão adequados à história que é fácil acreditar que o filme foi escrito por ele ou especificamente para ele se transformar em filme. Duplamente porque se concentra em temas vistos na maioria de seus outros filmes, fazendo com que pareça uma obra original.

Bem-vindo à NHK

Liberar

Comprimento

Anime

2006

24 episódios

Romance

2002

192 páginas

Bem-vindo à NHK gerou um grande culto de seguidores quando foi lançado nas telas em 2006. Mas as pessoas muitas vezes esquecem que é baseado no romance homônimo de Tatsuhiko Takimoto de 2002, que receberia uma tradução para o inglês em 2007. A adaptação do anime, produzida por Gonzo, foi ao ar em 2006 e foi escolhido para distribuição americana pela ADV Films em 2007.

A ADV Films, interessada em promover o programa para o público em geral, se uniu à Crunchyroll em 2008, colocando o programa no serviço gratuitamente por tempo limitado. Ao mesmo tempo, a Crunchyroll também realizou um concurso onde Otaku dedicados poderiam ganhar prêmios. Esta forte promoção ajudou a série de anime porque tornou o programa anteriormente obscuro muito acessível, fazendo com que o anime gerasse um enorme apoio boca a boca, o que o ajudou a atingir o status de cult.

3 Legend of the Galactic Heroes é mais fácil que anime

Lenda dos Heróis Galácticos

Liberar

Comprimento

Série OVA

1988-1997

110 episódios

Romances

1982-1987

10 volumes

Lenda dos heróis galácticos é baseado em uma série de romances de ficção científica de Yoshiki Tanaka, que chegou às lojas entre 1982 e 1987. Várias séries e filmes de anime pioneiros foram baseados ou inspirados nesses romances, mas o mais famoso é a série OVA de 110 episódios produzida pela Kitty Film Mitaka Studio e posteriormente adquirida pela K-Factory.

No entanto, a franquia teve um histórico de lançamentos difícil na América. Os romances originais só foram disponibilizados aos americanos em 2016, com o último livro da série sendo lançado em 2019. Em 2017, a Sentai Filmworks trouxe a série de anime para a América. A abrangência da série de livros, mais o investimento necessário para ler tudo, fez com que muitos fãs fossem apresentados por causa do anime. Como essa série conta a história completa, os fãs nunca pensaram em conferir os romances.

Relacionado

Franquia épica de anime de ficção científica Legend of the Galactic Heroes lança trailer de sequência

A clássica franquia de anime de ficção científica Legend of the Galactic Heroes anuncia planos para uma sequência de Die Neue These com um teaser trailer especial.

2 Paprika é melhor com recursos visuais

Páprica

Liberar

Comprimento

Filme

2006

90 minutos

Romance

1993

350 páginas

Páprica é um filme clássico cult feito pelo lendário diretor Satoshi Kon. Embora muitos espectadores tenham se apaixonado pelo visual único do filme e pelo emocionante enredo de suspense, o livro no qual o filme se baseia é muito menos conhecido. Páprica o livro foi escrito por Yasutaka Tsutsui. Foi serializado pela primeira vez na Marie Claire de 1991 a 1993 e depois lançado como um único romance.

Embora tenha demorado até 2009 para que uma tradução em inglês se tornasse amplamente disponível, a versão cinematográfica de Páprica ofusca o livro por causa de seus visuais impressionantes. Esses visuais são tão memoráveis ​​que é difícil imaginar que esta história tenha sido projetada para qualquer outro meio, especialmente considerando que o livro tem problemas de ritmo devido à necessidade de colocar em palavras os elementos oníricos da narrativa.

1 O serviço de entrega de Kiki foi ofuscado pelo amor do filme

Liberar

Comprimento

Filme

1989

102 minutos

Livro

1985

208 páginas

Um dos mais populares e duradouros Estúdio Ghibli filmes, Serviço de entrega da Kiki é um dos filmes de anime mais queridos de todos os tempos. O filme é baseado no livro de 1985 escrito por Eiko Kadono e ilustrado por Akiko Hayashi. Curiosamente, o livro foi um grande sucesso e muito conhecido no Japão. No entanto, o livro não foi traduzido até o lançamento da tradução de Lynne E. Riggs em 2003. Desde então, várias outras traduções do original chegaram às estantes (mesmo que suas sequências permaneçam dolorosamente não localizadas).

Porém, quando o livro foi lançado em inglês, o filme já havia se consolidado como um clássico muito querido, o que significa que qualquer menção ao livro foi ofuscada, fazendo com que ele passasse despercebido. Por causa disso, a maioria dos fãs passou a presumir que o filme era uma obra original e não uma adaptação.