Quais animes de esportes de combate são os melhores?

Os animes esportivos se tornaram populares em todo o mundo nos últimos anos. O entusiasmo contagiante do anime esportivo conquistou muitos fãs. Normalmente, os animes esportivos giram em torno de esportes como beisebol ou futebol. A intensidade existe, mas alguns fãs desejam um pouco de violência em sua programação.



Os esportes de combate tendem a preencher essa lacuna. Das artes marciais ao boxe e à luta livre, esses esportes fazem com que os participantes entrem em conflito. Alguns desses programas envolvem autorrealização, enquanto outros tratam de acertar contas antigas no ringue. Os animes de esportes de combate estiveram presentes ao longo da história do anime, mas nem sempre são o destaque da temporada.

Melhor anime de artes marciais de todos os tempos, classificado


10 Kenichi, o discípulo mais poderoso

Kenichi, o discípulo mais poderoso estrela um garoto chamado Kenichi que é covarde e fraco. Um dia, uma garota chamada Miu decide apresentá-lo ao dojo onde mora. A partir daí, Kenichi treina múltiplas artes marciais com vários instrutores excêntricos (e às vezes brutais).

Kenichi demonstra o poder do trabalho duro. O protagonista começa fraco, mas cresce exponencialmente. Kenichi dá aos espectadores uma sensação de catarse quando aqueles que intimidaram Kenichi acabam sofrendo um grande confronto. Este show tem um ótimo desenvolvimento de personagem e algumas brigas épicas.

9 Ipon de novo!

Ippon novamente foi um anime de inverno de 2023 do estúdio Bakken Record. A história segue algumas meninas do ensino médio enquanto elas acabam revivendo o clube de judô da escola. Michi prefere encontrar um namorado, mas ela e sua amiga Sanae estão de volta ao judô.

Ippon novamente apresenta exemplos emocionantes de judô. Cada partida é mapeada para que possa haver um lançamento ou retenção a qualquer momento. O programa ensina judô de maneira sutil, sem explicar demais. Ippon novamente foi uma joia escondida de 2023 e um destaque da seleção de inverno da Hidive.

8 Megalobox

Megalobox foi um anime de duas temporadas da TMS Entertainment sobre um lutador chamado Junk Dog entrando no mundo do boxe Megalo, que apresenta lutadores auxiliados por dispositivos chamados engrenagens. Junk Dog luta sem esses dispositivos. Ele escolhe uma briga com o campeão de boxe Megalo e deve chegar à chave dos principais candidatos em apenas alguns meses para acertar as contas.

Megalobox é um drama contundente que remonta a Ashita não Joe. O show é corajoso, mas mantém o espírito do anime esportivo. Junk Dog vive em uma área de baixa renda e precisa descobrir uma maneira de derrotar seus oponentes que possuem todos os equipamentos e treinamentos mais sofisticados.

7 Máscara de Tigre W

Este anime produzido pela Toei foi uma sequência do original Máscara de tigre anime. Já se passaram mais de quarenta anos desde a partida mortal entre o Tiger Mask original e Tiger the Great. O Global Wrestling Monopoly (GWM) dominou o wrestling e derrotou a equipe Zipangu Pro-Wrestling de forma decisiva. Dois jovens tentam derrubar GWM sob o disfarce de Tiger Mask e Tiger the Dark.

Máscara de Tigre W tem toda a emoção do wrestling profissional japonês com o drama da maioria dos animes esportivos. Ele ainda apresenta lutadores reais da New Japan Pro Wrestling como Hiroshi Tanahashi. Máscara de Tigre W mostra luta livre e anime no seu melhor. Qualquer fã de esportes se divertirá muito com isso.

6 Lâmina de Bambu

Lâmina de Bambu foi um anime esportivo de 2007 sobre um time feminino de kendo. O show segue o técnico de kendo do ensino médio, Toraji Ishida, enquanto ele tenta preencher seu time de kendo com garotas talentosas para um confronto contra o time de seu ex-veterano do ensino médio.

Esta série é um anime esportivo subestimado, cheio de ação e drama. É também um dos poucos animes sobre esportes femininos. A ação dos jogos de kendo é como algo saído de um filme de samurai. À medida que as meninas se aproximam, os espectadores são presenteados com momentos emocionantes.

5 Baki, o Grappler

Baki, o Grappler foi um anime do início dos anos 2000 baseado em um mangá de longa duração. A história envolve Baki Hanma, um adolescente que se envolve em um ringue subterrâneo para lutar contra seu pai. Baki é extremamente forte e luta de uma forma que choca os espectadores.

As lutas em Baki, o Grappler são incríveis. Esta é uma série babaca que todas as séries de luta gostariam de ser. Existem duas sequências atualmente no Netflix que adaptam mais do mangá. Infelizmente, esta seção da série não está disponível para transmissão em nenhum lugar. Os fãs só podem esperar que a Discotek ou alguma outra empresa o resgate.

Principais animes que nos inspiram a fazer exercícios

4 Sumô Hinomaru

Sumô Hinomaru foi um anime da temporada outono de 2018 sobre um garoto que sonhava em alcançar o posto de Yokozuna, o posto mais alto do sumô. O menino é menor que seus colegas, mas logo surpreende a todos no sumô do ensino médio por ser ótimo nisso.

As batalhas de sumô neste espetáculo são intensas e muita reverência é dada ao esporte. O protagonista e sua equipe possuem aquele espírito shonen que muitos fãs de esportes procuram em seus animes. Este é um bom exemplo de um esporte clássico que merece o que merece. É também uma ótima introdução ao sumô para o público ocidental.

3 Kinnikuman

Kinnikuman foi um anime clássico dos anos 80 onde os conflitos intergalácticos são resolvidos em um ringue de luta livre. O homônimo Kinnikuman era um príncipe alienígena há muito perdido com poderes sobrenaturais. No entanto, em vez de controlar seu poder, ele passava os dias idolatrando os lutadores e comendo tigelas de carne.

Apesar de ser uma piada, Kinnikuman geralmente consegue uma vitória contra seus oponentes superpoderosos. Com um elenco colorido de heróis e vilões e batalhas épicas, Kinnikuman é um anime shonen clássico atemporal. É uma pena que muitos ocidentais nunca tenham visto este espetáculo maravilhoso.

Melhor anime e mangá para fãs de luta livre

2 Ashita no Joe

Ashita no Joe foi o anime esportivo por excelência da década de 1970 e, para alguns, de todos os tempos. A história segue Joe Yabuki quando ele entra no mundo do boxe para lutar contra seu rival em uma luta sancionada. A série tinha muito coração, e a adaptação do anime dirigida por Osamu Dezaki só melhorou a história aos olhos de muitos.

Ashita no Joe tratou de muitos temas delicados, como a Guerra da Coréia e a CTE. Este último é especialmente relevante hoje em dia, com muitos desportos a implementarem regulamentos para prevenir CTE. Ashita no Joe’s o status de lendário é a razão pela qual fãs de todas as idades deveriam procurá-lo.

1 Hajime no Ippo

Hajime no Ippo é outro anime lendário de boxe, desta vez do início dos anos 2000. Ippo Makunouchi é um garoto tímido que sofre bullying constantemente. Um dia, um boxeador chamado Takamura o salva dos valentões e o leva a uma academia para se recuperar. É aqui que Ippo descobre seu talento inato para o boxe.

Assistir à ascensão de Ippo de um adolescente tímido a um lutador talentoso é incrível de se ver. Uma verdadeira história de azarão, Hajime no Ippo mostra o que o trabalho árduo pode realizar. O mangá já existe há mais de 20 anos com diversas adaptações para anime. Felizmente, a Discotek está lançando o anime para novos fãs desfrutarem.